3.4.15

Fomos.... Somos!

Fomos... somos!
Um só quando as tuas mãos se derretem dentro das minhas...
Apenas a alma espelhada no olhar do outro...
A luz brilhante de dois corpos perdidos na vida, em si mesmos...
O mundo ausentou-se por magia, onde dançamos como se fosse a primeira e última vez...
Existimos além dos corpos, somos apenas almas...
Nasces-me nas mãos, arrebatas-me em ti endeusando-me...
Bebo-te em golfadas lentas, abandonando-me a ti...

4 comentários:

Imprópriaparaconsumo disse...

São quando vivem um no outro nas horas onde se consomem :)
Gosto de te saber assim :)
Beijos grandes

AC disse...

A tua felicidade inspira-me...é tão bom saber-te assim.

Beijoooo gigante em TI

Sil Maria disse...

ImprópripC

Ora nem mais...
Também eu gosto de me sentir assim!


Beijo enorme em ti

Sil Maria disse...

AC


Fico duplamente feliz de saber que te inspiro...
Eu também gosto de te saber bem!



Kissitos em TU