15.11.13

Hard to resist....

Jamais consegue sucumbir aos desejos de se sentir preenchida, por ela mesma.... foge de si tantas vezes, mas afinal o que mais quer está ao alcance fácil de um dedilhar simples no seu tesão. Violenta-se tantas vezes na tentativa de ser apenas amada. Sente-lhe a ausência nos dedos, sente-o pulsar na sofreguidão com que se entrega aos gemidos provocados pela luxúria da sua mente. Sente-se toda inteira quando se alucina, quando no mais supremo desejo se entrega apenas a si, com ele no pensamento, ouve-lhe as palavras, sente-lhe os gemidos, o prazer que sabe querer. Sente-se a si, sentindo-se nele, por dentro, no mais recôndito lugar que almeja alcançar. Perde-se de si, para se voltar a encontrar. Adora perder os sentidos, sentindo-se num mundo só dela, onde ele ainda não teve permissão a entrar.

6 comentários:

Shiver disse...

Este deve ser a parte 2 do post de ontem.

Ás vezes temos mesmo que brincar sozinhos ;)

SinneR disse...

continua...

bj doce

Ricardo Santo disse...

Sil Maria

Mas no entanto...
... Falta sempre algo
...


o.santo.diabinho@gmail.com
http://desejosescaldantes.blogspot.com/

Sil Maria disse...

Shiver senti-me nua com o teu comentário!
:P

Sil Maria disse...

Faço sempre replays......
:))

Sil Maria disse...

Não plenitudes o tempo todo, mas há momentos plenos que nos enchem a alma até sítios que às vezes ainda não tínhamos visitado.
Colecciono desses momentos...........
:))