9.9.13

Quando o desejo te comia a carne, e as minhas palavras te violavam a mente, imploravas:


 - devora-me! Sou teu!
E fazias-me tua...


14 comentários:

Ulisses L disse...

...como é suposto ser...

:)

lugar lotado disse...

No futuro haverá um desejo maior.

Beijo

Lynce disse...

Gostas pouco, gostas...
:)))

Sil disse...

Também acho que sim!
:)

Sil disse...

Neste caso não... é passado!
:((

Sil disse...

Tás enganado!
Eu não gosto nada, nadinha mesmo!
:)))

Herculano Garrano disse...

O desejo é a última coisa a desaparecer...enquanto existir há sempre tempo e vontade para passear no jardim...
Beijos do jardineiro

Shiver disse...

Não podia deixar de cá vir retribuir a gentileza.

Se o desejo aqui é rei vim ao sitio certo :)*

Sil disse...

Será mesmo que o desejo é superior ao sentimento!?
:)

Sil disse...

O desejo, a paixão, a amor.... e tudo o que seja relacionado ao sentir!
Obrigado pela visita!
:)

Observador disse...

Filosoficamente falando (eheheh) o desejo é uma constante na vida.
Bj

Sil disse...

É sim!
:)

Herculano Garrano disse...

Não há sentimento sem desejo...mas há desejo sem sentimento...
Um grande desejo pode dar origem a um bom sentimento...ou a mantê-lo...
Beijos

Sil disse...

O sentimento morre sem desejo...
:)