20.5.13

Devaneio

"Bocas ofegantes balbuciando
Palavras desconexas e inaudíveis
Línguas húmidas e vorazes
Serpenteando nossos corpos
Numa busca insana do prazer!
Braços se entrelaçando
Em abraços delirantes
Que incendeiam nossas almas
Numa busca insana do prazer!"

2 comentários:

Eros disse...

Essa partilha desenfreada de fôlegos... de morrer e ressuscitar por mais... :)

Sil disse...

Vezes sem conta.
:))